You are here:

Seguro para eletrodomésticos por queda de energia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on telegram

Queima de aparelhos por queda de energia

Energia elétrica queimou meu aparelho!

Quando a energia elétrica queimar aparelhos em sua casa, seja por queda ou oscilação da energia elétrica, a companhia responsável pelo fornecimento é obrigada a encontrar soluções para reembolsar o consumidor, conforme o Código de Defesa do Consumidor (CDC) e a Resolução Normativa nº 499/12 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

O que eu devo fazer quando queima as coisas aqui em casa?

Se você teve aparelhos, sejam eletrodomésticos ou não, danificados por problemas no fornecimento da energia elétrica, como quando a energia caiu e quando voltou queimou a TV, o liquidificador, o fogão, a geladeira, entre outros, você deve procurar a concessionária de energia elétrica, conforme orientação do Idec, pelos canais de comunicação (telefone, SAC, aplicativo, postos de atendimento ou site da empresa). 

Após receber o contato do dono do equipamento danificado, a empresa tem 10 dias corridos para realizar a inspeção in loco ou retirar o equipamento para análise. Você deve informar caso o aparelho ou equipamento danificado for responsável pela guarda, resfriamento e conservação de alimentos, pois o prazo é menor. Após a vistoria, a empresa tem até 15 dias corridos para responder ao consumidor se o pedido de reparo será atendido.

Em caso de ressarcimento, o cliente pode receber em dinheiro, optar pelo conserto ou pleitear a substituição do equipamento, a partir da resposta da empresa de energia elétrica. Já em caso de negativa, você precisa ficar atento à justificativa. A empresa de distribuição de energia, só fica isenta se for comprovado defeito na instalação, uso incorreto do equipamento, ou mesmo se o aparelho for consertado antes do período de vistoria.

O Código de Defesa do Consumidor ainda resguarda o consumidor em relação a danos imateriais, por exemplo, quando há prejuízos na execução de um trabalho, seja por qualidade, ineficiência, multas e prazos não cumpridos. Nesses casos, é possível solicitar reparação junto à concessionária ou mesmo procurar um órgão de defesa do consumidor e em última instância recorrer à Justiça.

Interrupções repentinas

As interrupções repentinas do fornecimento de energia podem proporcionar desconto na conta de luz: existem limites, determinados pela Aneel, para quantidade e duração das quedas de energia elétrica. Quando esses limites são excedidos, os consumidores têm direito a compensação em forma de desconto nas próximas faturas. Esse desconto deve ocorrer no prazo máximo de dois meses a contar do mês em que os limites foram ultrapassados.

Entre em contato com a companhia de energia elétrica pelos canais de atendimento ao consumidor. A empresa tem prazos legais para resolver!

Quer cotar seu seguro de forma rápida?